Portal da Família ORIONITA NO BRASIL
isntitucional
Portal da Família ORIONITA NO BRASIL

ENEMECO em Paraíba do Sul 23/07/2012

XXIV ENEMECO: “100 anos da Congregação Orionita no Brasil – Um olhar na história”

 

Paraíba do Sul: O XXIV ENEMECO (Encontro Nacional das Equipes Multidisciplinares das Entidades da Congregação Orionita) foi realizado em Paraíba do Sul, Estado do Rio de Janeiro, no “Instituto Imaculado Coração de Maria”,  sob a direção das Irmãs Orionitas, nos dias 19 (noite), 20 e 21 de julho.

Com o tema “100 anos da Congregação Orionita no Brasil – Um Olhar na História”, o Encontro deste ano deu início a um novo triênio temático. No próximo ano, ao comemorar as suas bodas de prata, o tema será: “25 anos da caminhada e metodologias no ENEMECO”. Enfim, em 2014, o tema “Perspectivas e Missão”.

Em Paraíba do Sul, os representantes das obras orionitas das três províncias brasileiras foram acolhidos, na noite do dia 19, pelas Irmãs Orionitas e pela equipe de leigos do Instituto Imaculado Coração de Maria.

No dia 20, sexta feira, as caravanas participantes foram apresentadas e a Ir. Priscila, Provincial das Irmãs, fez a abertura oficial do Encontro e, a seguir, a apresentação de uma dança pelas abrigadas do Instituto. A leitura da Ata do 23º ENEMECO fez memória do encontro realizado em 2011, em Rio Claro. A parte formativa do dia se iniciou com uma contextualização histórica feita pelo Prof. Gilberto, especialista em história e sociologia, leigo engajado em vários movimentos sociais da diocese de Valença. O professor informou especialmente sobre os anos 1900-1920, período da vinda dos primeiros religiosos orionitas para o Brasil. Esta parte formativa da manhã foi complementada com uma reflexão realizada pelo Pe. Tarcísio sobre o sentido do “olhar na história”. Ele recordou que “celebrar a memória histórica dos 100 anos e, deste modo, preservar a nossa história, é importantíssimo. Não é um apego mórbido ao passado. É uma questão de identidade carismática. Não há identidade sem memória e, portanto, sem história. Estudar o passado não é fugir do presente, é querer saber quem nós somos. Afinal, não se pode viver sem passado!”

Na parte da tarde deste mesmo dia, Pe. Tarcísio fez uma apresentação sobre os 100 anos da Congregação Orionita no Brasil e a Ir. Priscila, em vista da celebração dos 100 anos de fundação das Pequenas Irmãs Missionárias da Caridade, fez uma memória história do ramo feminino. No final do dia, Pe. Eldo Musso, Conselheiro Geral, presidiu a celebração eucarística com a presença de todos os participantes do ENEMECO, juntamente com algumas assistidas. No momento do canto do Glória, representantes de várias caravanas levaram até o altar alguns símbolos que expressavam o trabalho realizado, em nome de Dom Orione, em nossas obras. A jornada intensa se concluiu com uma festa de confraternização, estilo anos 60, no Hotel Bouganville, também com a presença de um grupo das assistidas do Instituto.

No dia 21, sábado, os representantes – religiosos e leigos - que vieram do Chile, Argentina, Uruguai e Venezuela apresentaram a história da fundação orionita em cada país. A seguir, os participantes foram distribuídos em grupos para responder algumas questões e para uma troca de experiências. Após o tempo dos grupos, os secretários referiram em plenário o resultado da discussão e avaliaram o Encontro. Foi definido também o local e a data do próximo ENEMECO que será realizado onde tudo começou há 25 anos atrás: em Curitiba, Pequeno Cotolengo do Paraná, nos dias 18, 19 e 20 de julho de 2013.

A alegria contagiante foi a marca característica da despedida, logo após o almoço. Portanto, todos prontos para o trabalho nas casas, dando um especial relevo ao aspecto histórico. Vejam quantas sugestões surgiram quando os grupos discutiram a seguinte questão:

Que atividades programar e realizar para recuperar a memória histórica da Congregação Orionita em nosso ambiente de atuação?

Utilizar o arquivo histórico da Congregação como recurso para atividades nas casas; Promover encontros formativos mensais com os profissionais; Manter atualizado o Livro Ata e o Diário da Casa; Registrar por meio de fotografias e filmagens todos os acontecimentos; Disponibilizar livros e revistas para leituras em grupo; Inserir no Calendário anual um momento para reflexão histórica; Promover visitas nas casas de Dom Orione; Valorizar o aniversário da Obra; Criar espaço com memória histórica (museu de memória em cada instituição); Valorizar o momento da acolhida na obra apresentando história e trabalho; e tantas outras sugestões que serão enviadas para as comunidades.

Pastoral Vocacional

Jesus te chama a segui-lo mais de perto no carisma de São Luís Orione! Não tenha medo de ser um apóstolo da caridade por amor à Igreja e ao papa.

Entre em contato!

Orionitas a seu serviço


"Fazer o bem sempre,

o bem a todos e o

mal nunca e a ninguém"

São Luís Orione

Mais do Orionitas no Brasil

 

Orionita Brasil nas Redes Sociais
 
 .     

Copyright © Orionitas Brasil na Web