Portal da Família ORIONITA NO BRASIL
isntitucional
Portal da Família ORIONITA NO BRASIL

Como o dia das mães foi celebrado no Hospital Dom Orione 16/05/2017

DIAS DAS MÃES É COMEMORADO NO HOSPITAL DOM ORIONE

Por Rodrigo Martins

 

Na tarde desta sexta-feira, 12, o Hospital Dom Orione realizou uma programação especial para as mães internadas na unidade. As equipes da Pastoral da Saúde, Serviço Social e Psicologia visitaram os leitos com uma serenata e entrega de lembrancinhas. Também teve um momento especial com as mães que estão com os bebês internados na UTI Neonatal.

O diretor presidente do Hospital, Padre Jarbas Assunção, destacou a importância da maternidade. “Ser mãe é um privilégio de dar continuidade à criação realizada por Deus”, enfatizou. Após um momento de reflexão, o padre deu a benção às mães presentes.

O Hospital Dom Orione possui uma das principais maternidades do Tocantins. Por mês, são realizados uma média de 500 partos e cerca de 90% são realizados por meio de convênio com o Sistema Único de Saúde. O superintende executivo, Osvair Murilo da Cunha, frisou a importância da instituição para a região. “O Hospital funciona dia e noite para oferecer um serviço de qualidade para a população.

Partilha

Na ocasião, algumas mães aproveitaram o momento para compartilhar sobre a experiência de ter um filho internado na UTI Neonatal e do atendimento recebido no Hospital Dom Orione. Foi o caso de Jenifer Resplandes, que há 15 dias ganhou seu segundo filho na unidade. Nascido prematuro, está internado para ganhar peso.

“Essa é a minha segunda vez aqui no Hospital, a primeira vez tem seis anos. Meu primeiro filho também ficou na UTI. Nessa segunda vez eu pude notar a evolução do acolhimento. A equipe nos acolhe muito bem, nos sentimos mais assistidas”, relatou Jenifer. Ela também falou sobre a importância de poder passar mais tempo com o filho internado. “A questão de passar um tempo maior com os filhos na UTI significa muito, porque temos a liberdade de ir até lá e ver como está o neném, cuidar, ter uma atenção maior”, concluiu.

Acolhimento

Para a coordenadora do Serviço Social do Hospital, Maria Faraildes, o acolhimento é um dos pontos fundamentais para o apoio às mães na unidade. “A partir do momento que o bebê vai para a UTI Neonatal, nós já iniciamos o nosso trabalho com esse acolhimento e orientando sobre as normas e rotinas do Hospital”, explicou. A coordenadora comentou ainda que as mães contam com uma Sala de Apoio, na qual o Serviço Social, a Psicologia e a Pastoral da Saúde fazem o acompanhamento. 


"Fazer o bem sempre,

o bem a todos e o

mal nunca e a ninguém"

São Luís Orione

Mais do Orionitas no Brasil

 

Orionita Brasil nas Redes Sociais
 
 .     

Copyright © Orionitas Brasil na Web